JapoNihongo - Curso baico de japones

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

JapoNihongo - Curso baico de japones

Mensagem  PRIDE!ED! em Seg Nov 09, 2009 3:21 am

Bom não achei uma categoria correta para isso ...então estarei postando aqui ^^'
-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Basico do Basico
Spoiler:
Introdução

Estudiosos não sabem ao certo a exata origem da língua japonesa. Acredita-se que é originária da família da língua Altaica, a mesma do turco e do mongol, mas mostra também similariedades com línguas de ilhas do centro e sul do Pacífico, como a polinésia.

O sistema de escrita japonesa é bastante complicado. Consiste de três diferentes alfabetos com caracteres específicos: Kanji (vários milhares de ideogramas chineses), Hiragana e Katakana (dois alfabetos de 46 caracteres cada, juntos são chamados de Kana).

Os textos japoneses podem ser escritos de duas maneiras: como os ocidentais são escritos, isto é em linhas horizontais desde o topo da página, e da forma tradicional japonesa, verticalmente a partir da direita para a esquerda.
---------------------------------------------------
Kanji - o alfabeto chinês. Esse alfabeto foi incorporado ao japonês há cerca de 1500 anos atrás, e se tornou parte central do alfabeto, sendo que a maior parte das palavras é escrita com esse alfabeto. Cada caractere representa uma idéia, e não necessariamente um som. O kanji pode chegar a mais de 40.000 caracteres diferentes, mas o número de caracteres que uma pessoa aprende na escola (e deve saber para ser considerada alfabetizada) é de 1.945. Para saber mais sobre o kanji, leia a página deste site sobre chinês.
Hiragana - o hiragana é um conjunto de 48 caracteres que representam uma sílaba cada um. Ao contrário dos kanji, os hiragana não significam nada em especial, apenas representam um som. O idioma japonês é composto de pequeno número de sílabas diferentes, portanto qualquer palavra pode ser escrita com esse alfabeto. Se alguém deseja escrever uma palavra, por exemplo, mas não se lembra qual o kanji dela, pode escrever em hiragana que qualquer japonês que ler vai entender. Esse alfabeto é usado principalmente para elementro gramáticos, como conjunções, tempos de verbo, etc...
Katakana- o katakana é um alfabeto semelhante ao hiragana. O funcionamento é o mesmo, sendo que 48 símbolos são usados para as mesmas sílabas do hiragana. O que muda, no entanto é o objetivo: o katakana é usado apenas para escrever nomes ocidentais, nomes de países ou de produtos. É também usado para escrever algumas palavras originárias de outros idiomas, como por exemplo a palavra pan , que se origina da palavra portuguesa pão.
---------------------------------------------------
Vocabularios basicos:
Sim: Hai
Não: Iie
Obrigado: Arigato
Muito obrigado: Arigato gozaimasu
De nada: Douitashimashite
Por favor: Douzo
Desculpa: sumimasen, shitsurei shimasu
Oi: Kon-nichiwa
Adeus: Sayounara
Até logo: jaamataashita
Bom dia: O hayou gozaimasu
Boa tarde (até as 6): Kon-nichiwa
Boa tarde: Konbanwa
Boa noite: Oyasuminasai
------------------------------------------------------
Lugares
Correio : Yuubinkyoku
Museo: Hakubutsu kan
Banco: Ginkou
Delegacia: Keisatsusho
Hospital: Byouin
Farmacia, Chemists: Yakkyoku
Loja: Mise
Restaurante: Resutoran, Shokudou
Escola: Gakkou
Igreja: Kyoukai
Viagens
Trem: Kisha, Ressha
Ônibus: Basu
Metrô: Chikatetsu
Aeroporto: Kuukou
Estação de trem: Eki
Estação de ônibus: Basu tei
Estação de metrô: Chikatetsu no eki
Saídas: Shuppatsu
Chegadas: Touchaku
Estacionamento: Chuushajou
Hotel: Hoteru
Quarto: Heya
Reservas: Yoyaku
Passaporte: Pasupooto
Na comida
Café da manhã: Chohshoku
Almoço: Chuushoku
Janta: Yuushoku
Vegetariano: Saishoku shugisha
Saúde , ¡Chin-chin! :Kanpai
Pão: Pan
Bebidas: Nomimono
Café: Koohii
Chá: Ocha, Koucha
Suco: Juusu
Água: Mizu
Cerveja: Biiru
Vinho: Wain
Sal: Shio
Familia
Esposa: Kanai, Tsuma
Esposo: Shujin, Otto
Filha: Musume
Filho: Musuko
Mãe: Haha, Okaasan
Pai: Chichi, Otousan
Amigo: Tomodachi
Direções
Esquerda: Hidari
Direita: Migi
Reto: Massugu
Acima: Ue
Abaixo: Shita
Longe: Tooku
Perto: Chikaku
Longo: Nagai
Curto: Mijikai
Mapa: Chizu
Informação turística: (Ryokou)Annaisho
-----------------------------------------------
Como aprender japones via internet (Por Nippaku)
--------------------------------------------
Spoiler:
#Nippaku@irc.irchighway.net
Dicas de como estudar japonês pela internet

Neste documento serão apresentadas algumas dicas de como estudar e aprender japonês pela Internet, com materiais gratuitos. Aqui não serão apresentadas explicações e teorias, e sim o que você deve estudar.

Materiais necessários

 Caderno, lápis e borracha para anotações.

 Um computador com suporte a língua japonesa

Independente do seu sistema operacional (Windows, Linux e outros), é de total importância que você possua suporte para visualizar e inserir caracteres japoneses em documentos e na internet. É simplesmente um absurdo querer aprender caracteres, gramática e outras coisas sobre a língua antes de ter este suporte instalado.

Portanto, entre em um site japonês (exemplo http://www.yomiuri.jp/) e verifique se é capaz de visualizar perfeitamente os caracteres. Adicione o idioma japonês na sua barra de idiomas e aprenda o básico sobre seu uso.

Não sabe como fazer isso? Ok, sua caçada começa agora! Que tal digitar no Google algo como “escrevendo em japonês no Windows XP” (ou Linux, que seja) e navegar pelos resultados? É assim que o jogo começa, você deverá ir atrás de suas dúvidas por si mesmo, pois você não tem um professor para auxiliá-lo e as chances de você encontrar alguém disposto a explicar tudo detalhadamente são próximas de zero!

 Um dicionário eletrônico instalado no computador

Há muitos softwares gratuitos com um vasto dicionário a disposição. Ter um deles fundamental, pois você deverá ser capaz de procurar sozinho pelas palavras que deseja saber o significado.

Recomendamos o JWPce, Wakan ou Toggle Rikai-chan (complemento para Firefox).

Site oficial do JWPce: http://www.physics.ucla.edu/~grosenth/jwpce.html

Um pequeno detalhe, todos esses dicionários são japonêsinglês e inglêsjaponês. Não existe dicionário eletrônico bom em português!! Portanto, aventure-se no em inglês. Não é bom de inglês? Pois bem, agora é uma perfeita hora para passar a ser. Muitas palavras são cognatas, ou seja, muito parecidas com sua correspondente no português, isso já é uma bela de uma ajuda, o que não for você deve se virar com um tradutor ou dicionário inglêsportuguês.
Entenda que não adianta você querer aprender japonês, ainda mais sozinho, se você tiver medo do inglês, que é fácil e cedo ou tarde você deverá aprender caso queira crescer profissionalmente.

Instale o dicionário, não precisa aprender a manuseá-la agora, mas já o tenha em mãos.


1- O começo

O começo para aprender qualquer idioma é estar interessado nele, não importa a razão, não precisa procurar justificativas para querer aprendê-lo, o importante é simplesmente querer. Você precisa de motivação, uma motivação fora do comum, sem ela, será impossível.

Um idioma também não se aprende de um dia para o outro, ainda mais um bem distante do português, como o japonês. Não será de um dia para o outro, de um mês para o outro e nem de um ano para o outro. O estudo do idioma deverá fazer parte de sua vida, acompanhá-la para frente e receber muita, mas muita atenção..

1-1 As escritas

Você já deve ter lido que a língua japonesa possui vários alfabetos, não? Caso ainda não saiba, o japonês possui três sistemas de escrita, sendo eles: hiragana, katakana e kanji. Pesquise no Google algo como “a escrita japonesa” e aprenda quando e onde cada uma é usada, leia os sites que fala sobre e tenha na ponta da língua para que serve cada um.

Agora vem a parte que deveria ser óbvia: Você deve aprender o hiragana e o katakana. Sim, você deve memorizar estes dois sistemas de escrita e não tem outra saída, é decorar ou decorar, aprender ou aprender.

Existem diversas formas para isso, como por exemplo os livros Remembering the Kana, de James Heisig, disponível em PDF no disco virtual do Nippaku (http://nippaku.4shared.com). As maiorias dos materiais básicos trazem exercícios de memorização destes sistemas, use tudo o que encontrar até decorar traço por traço.

Site que mostra a ordem de traço de cada letra: http://www.human.gr.jp/hitsujun/index.htm

Site para praticar:
http://www.realkana.com

Site com lições para memorizar os alfabetos:
http://op.xisde.net/

Um detalhe importante: Não tente, sob hipótese alguma, aprender japonês utilizando ROMAJI (os caracteres que usamos no português). Não existe japonês em romaji, romaji não é japonês, você nunca, preste atenção, NUNCA irá encontrar um texto no Japão escrito em romaji, nunca um japonês irá escrever um e-mail em romaji, nunca irá encontrar um manga de naruto em romaji. A única coisa em romaji que você encontra é letra de música, mas você deverá sair dessa vida, será capaz de ler em kana, que é japonês de verdade.

Sendo assim, a hora é agora, memorize profundamente todo o hiragana e katakana, eles são o mínimo necessário para começar a aprender japonês. Lembre-se, se você não tivesse decorado o alfabeto quando criança não estaria lendo este texto em português hoje, certo? Japonês é igual, se você não decorar estes dois sistemas de escrita você nunca conseguirá ler nada em japonês. Entendido?

Não pense em kanji agora.

1-2 O básico

Com os dois sistemas de escrita na ponta da língua, está na hora de começar a aprender a estrutura gramatical do idioma. Agora sim você poderá aprender vocabulário, termos, cumprimentos e tudo mais.

Muitos sites dão essa noção, muitos sites explicam o básico, tanto em português quanto em inglês, muitos sites podem te ajudar nesta etapa. Alguns trarão em romaji, mas são eles que estão errados e você é quem estará ganhando se preferir estudar utilizando já o kana, então, se as lições estiverem só em romaji, fuja, procure outro!

Um ótimo site para começar a aprender a gramática é o http://guidetojapanese.com/. Sua versão em português ainda não está completa, você pode ir acessando o português e passar para o inglês quando acabarem as lições gratuitas.

Um dos sites indicados na etapa da escrita também possui lições de japonês básico, aproveite-o também http://op.xisde.net/.

Mais sites poderão ser encontrados da maneira já citada: www.google.com.

1-2 Kanji

Os kanjis devem ser aprendidos como conseqüência, eles aparecerão nas frases de exemplo das lições gramaticais e caso o site não apresente sua leitura, você deverá procurar nos dicionários eletrônicos citados no começo deste artigo. Ta aí a importância de saber o kana, a leitura dos kanjis será sempre apresentada em kana, e não em romaji. Você precisa saber kana para saber como se lê palavras em kanji. Ok?
Uma dica, você não precisa focar tanto em estudar kanji isoladamente, você pode simplesmente memorizar as palavras, memorizar que aquela combinação de kanji forma tal palavra que é lida de tal forma. Cedo ou tarde você encontrará outras palavras que usarão estes mesmos kanjis, e assim o cerco será fechado e em um piscar de olhos você saberá muitos kanjis.
2- Saindo do básico

Depois de aprender a estrutura básica de uma frase em japonês, o funcionamento das partículas e a conjugação dos verbos, está na hora de começar a ler conteúdo em japonês. Não será tão fácil encontrar textos básicos na internet, mas também não é impossível.

Procure informações sobre o Exame de Proficiência em Língua Japonesa. As provas antigas estão disponíveis na internet e seu nível mais básico, o nível quatro, possui textos fáceis e com exercícios de interpretação.

Outra recomendação é o site http://japanesepod101.com, que trás lições em PDF + áudio. Quase todas as lições são diálogos, em diversos níveis, você poderá escutar e ler, e com isso aprender novas palavras e se acostumar com um diálogo em japonês. O site é gratuito por apenas 7 dias, mas você pode utilizar do jeitinho brasileiro para criar outra conta com outro e-mail quando o cadastro expirar.
Você pode criar e-mails para cadastro neste sistema: http://10minutemail.com.

Não pare de estudar os kanjis, sempre estude mais e mais, vá se aprofundando, quanto mais kanjis você aprender, mais palavras aprenderá. Procure se acostumar com textos em kanji e abandone as lições que são puro hiragana e katakana.
Cada vez você saberá mais e mais, vá evoluindo o nível dos textos e lições de acordo com o que aprende, siga seu ritmo, se acha que está muito puxado, não há nada de errado em ir um pouco mais devagar. Ao surgirem dúvidas, pesquise, procure e ache, utilize os dicionários e o Google.

3- Não pare de aprender

Estude sempre, pelo menos 30 minutos por dia, mesmo que apenas um texto pequeno ou algumas frases. Não pode parar, o importante é manter o ritmo, é melhor estudar 10 minutos por dia do que 70 minutos de uma vez em apenas um dia na semana.
Tenha em mente que se você parar vai, vai esquecer o que aprendeu, e depois quando decidir voltar a estudar terá que revisar tudo antes de aprender coisas novas.
O aprendizado de uma língua, ainda mais de uma tão diferente como o japonês, é eterno, nunca ache que você já sabe o suficiente, nunca ache que sabe muito, pois por mais que você saiba, ainda existe uma infinidade de coisas que você não sabe. Vise o infinito, pense alto e se esforce muito!

Por Nippaku
avatar
PRIDE!ED!

Mensagens : 95
Nível de Alquimia : 113
Data de inscrição : 04/11/2009
Idade : 26
Localização : Esgotos da Central de amestris

Personagem de FMA
Alquimista: Seduzido pelo lado negro da força.

Ver perfil do usuário http://ed-pride.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum